Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Portal da Transparência: o que é, para que serve e como funciona


Basicamente, o Portal da Transparência do Governo Federal é um espaço online designado para a prestação de contas públicas executivas federais. Ou seja, nele você encontra:

  • Registros de despesas e receitas;
  • Licitações e contratos públicos;
  • Convênios;
  • Benefícios criados para o cidadão;
  • Salários de servidores públicos (civis ou militares);
  • Viagens a serviço;
  • Cartões de pagamento;
  • Imóveis funcionais;
  • Punições administrativas.

Essas informações são distribuídas através de diferentes painéis, separados por temas. Para encontrar os dados desejados basta acessar o site e clicar na aba “painéis”, navegando pelos assuntos de seu interesse.

Para que serve o Portal da Transparência?

O Portal da Transparência foi criado para informar os cidadãos brasileiros a respeito do uso do dinheiro público, bem como a gestão do Brasil.

Esta ferramenta é constantemente atualizada, acrescentando novos recursos e dados a fim de oferecer um panorama cada vez mais completo.

Sua atualização mais recente foi realizada em 2018 através do lançamento do “Novo Portal da Transparência”. Dentre as novidades desta versão podemos destacar:

  • Formas diversas de apresentação dos dados;
  • Mecanismo de busca integrado e intuitivo;
  • Melhor usabilidade;
  • Mais recursos gráficos;
  • Integração com redes sociais;
  • Maior e melhor oferta de dados abertos;
  • Layout responsivo para plataformas móveis;
  • Maior interatividade.

Estas implementações têm como objetivo facilitar o acesso e compreensão das informações. Para que o cidadão possa acompanhar e assegurar o bom uso da verba pública.

Como funciona o Portal?

Primeiramente, os órgãos públicos responsáveis enviam seus dados para a Controladoria-Geral da União (CGU). A ela cabe a tarefa de receber, reunir e disponibilizar todas as informações que são publicadas no Portal da Transparência.

Os dados são recebidos com periodicidade variada, podendo ser enviados diariamente, semanalmente ou mensalmente.

Depois de coletados, o próximo passo é disponibilizar as informações no site, em forma de: painéis, consultas detalhadas, gráficos, dados abertos.

É importante lembrar que o acesso ao Portal da Transparência é livre e não pede senhas, cadastros nem informações pessoais.

– Leia também: Portais de licitações: entenda como eles funcionam e como participar

Guia para licitantes

Siga-nos