Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Tomada de preços: conheça mais sobre essa modalidade de licitação


A modalidade tomada de preços é uma das 6 modalidades de licitação disponibilizadas para compras públicas no Brasil. Você sabe em qual caso é utilizado essa modalidade? Quais os critérios utilizados pelo Governo para escolher o melhor procedimento? 

No texto a seguir vamos explicar um pouco do conceito da modalidade de tomada de preços e apresentar como sua empresa pode se preparar para participar. Continue a leitura e descubra! 

Opções de modalidades de licitação no país

A modalidade de licitação é o procedimento que foi definido para determinada compra pública. Ou seja, como se dará o processo que definirá o fornecedor para o Governo.

Como dito anteriormente, atualmente existem 6 modalidades: concorrênciaconcursocarta convite, tomada de preços, leilão e pregão.

Para a definição da melhor modalidade para determinada compra pública, a Administração Pública deve realizar uma pesquisa de orçamento de mercado, para avaliar qual será o custo total do objeto. 

Portanto, será o valor da compra, ou seja o teto, que indicará em qual das modalidades ela se encaixa melhor.

Como funciona a modalidade de licitação tomada de preços? 

Conceito de tomada de preços segundo a Lei de Licitações 8.666/1993:

“Tomada de preços é a modalidade de licitação entre interessados devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condições exigidas para cadastramento até o terceiro dia anterior à data do recebimento das propostas, observada a necessária qualificação.”

Portanto, é a modalidade de licitação entre interessados que possuem cadastro prévio. Feito o cadastro e análise dos documentos, o concorrente receberá um certificado que permite a participação da empresa nessa modalidade de licitação.

Ou seja, só podem participar empresas que já são cadastradas. E, caso a empresa não tenha o cadastro, esta deve atender às devidas exigências até o terceiro dia antes da data de recebimento das propostas; 

Critérios para escolha da modalidade tomada de preços

A Tomada de Preços pode ser utilizada somente para contratos de até R$ 1,5 milhão em casos de obras e serviços de engenharia e contratos de até R$650.000 para contratos em gerais.

Como obter o certificado de registro cadastral?

O certificado de registro cadastral é o documento que permite a participação das empresas nas licitações de tomada de preços. 

Para habilitação nesta modalidade, deve-se apresentar a documentação relativa aos seguintes itens: 

  • Habilitação jurídica;
  • Qualificação técnica;
  • Qualificação econômico-financeira;
  • Regularidade fiscal e trabalhista; (Redação dada pela Lei nº 12.440, de 2011) (Vigência);
  • Cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. 7o da Constituição Federal. (Relacionado ao trabalho do menor).

Divulgação dos editais de licitação tomada de preços

Segunda a Lei de licitações, a divulgação dos editais de licitação na modalidade tomada de preços deverá ser divulgada nos seguintes meios: 

  • No Diário Oficial da União, quando se tratar de licitação feita por órgão ou entidade da Administração Pública Federal. Ou quando se tratar de licitação feita por órgãos estaduais ou municipais para a execução de obras financiadas parcial ou totalmente com recursos federais ou garantidos por instituições federais;
  • No Diário Oficial do Estado, ou do Distrito Federal, quando se tratar, respectivamente, de licitação feita por órgão ou entidade da Administração Pública Estadual ou Municipal, ou do Distrito Federal;
  • Em jornais grande circulação no Estado e também, se houver, em jornais no município ou na região onde será realizada a licitação;
  • Também podem ser divulgados pela internet, nos respectivos portais dos órgãos solicitantes da licitação, de modo a aumentar a atingir um número maior de interessados. E, consequentemente, qualificar a concorrência. 

O prazo mínimo que deve ser praticado entre a liberação do edital e a abertura do certa é de: 

  • Para tomadas de preços do tipo “menor preço”: 15 dias corridos
  • Para tomadas de preços do tipo “melhor técnica” ou “técnica e preço”: 30 dias corridos. 

Banner no artigo "Licitação Tomada de Preços" para software Lance Fácil

Siga-nos